Portuguese English French German Spanish

    UGT SAÚDA RECOMENDAÇÃO DA COMISSÃO EUROPEIA

    DE SAÍDA DO PROCEDIMENTO POR DÉFICE EXCESSIVO

     

    ugt-sauda-recomendacao-da-comissao-europeia-de-saida-do-proc408e4f42

    A Comissão Europeia tornou hoje pública a sua decisão de recomendar ao Conselho Europeu que Portugal saia do Procedimento por Défice Excessivo.

    Esta é uma decisão que a UGT saúda e que é o reconhecimento dos enormes (e muitas vezes excessivos) sacrifícios impostos aos portugueses, sobretudo aos trabalhadores e pensionistas.

    Mas esta é uma decisão que vem também confirmar que era possível uma mudança de políticas no nosso País, sem que tal comprometesse o respeito pelos nossos compromissos com a União Europeia.

    A recomendação da Comissão Europeia, que apenas peca por tardia, vai ao encontro do que a UGT há muito vem defendendo, sendo de relembrar que, já em 2016, deixámos claro que a melhoria da situação económica e orçamental em Portugal teriam justificado aquela saída e que a mesma apenas foi impedida pela visão política e ideológica de uma certa Europa.

    Esta foi uma posição que reiterámos inúmeras vezes, quer a nível nacional quer comunitário, e que ainda recentemente tivemos ocasião de frisar como fundamental em reunião realizada com deputados de todos os partidos do Parlamento Alemão.

    Estamos certos que o Conselho Europeu seguirá a recomendação da Comissão Europeia, o que não deixará de ser uma confirmação de que a austeridade não era a via para promover o crescimento económico e garantir a consolidação orçamental.

    A UGT espera que a maior margem de soberania que aquela decisão confere ao Estado Português se traduza no aprofundamento de políticas que, promovendo o crescimento económico, garantam simultaneamente o progresso social.

    Lisboa, 22 de Maio de 2017

    https://www.ugt.pt/comunicados/comunicados-4?ano=2017&newsid=2007

     

    UGT – União Geral de Trabalhadores

    Rua Vitorino Nemésio nº 5, 1750 – 306 Lisboa

    tel. 213 931 206 | telm. 913406165  | fax. 213 974 612 | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. |www.ugt.pt

    facebook | twitter | youtube | wikipédia | flickr