Portuguese English French German Spanish

    ANIV

    Na comemoração do seu 7º Aniversário a União Geral de Trabalhadores do Algarve congratula-se com o trabalho desenvolvido, desde o seu Congresso fundador em 20 de março de 2010, por esta estrutura sindical democrática em coordenação com os sindicatos na defesa dos direitos laborais e pelo trabalho digno na região.

    Ao longo de mais este ano de existência, a UGT Algarve mudou-se para um novo espaço, em Faro, nas instalações do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública – SINTAP, com quem partilha a sede que está agora mais acessível a todos os sindicatos filiados e seus associados.

    As excelentes condições da nova sede dotaram a UGT Algarve de uma maior capacidade de resposta, e maior proximidade com os trabalhadores, fundamentalmente, através do funcionamento do Gabinete de Inserção Profissional da UGT.

     

    GIP UGT-ALGARVE

    O GIP da UGT, que funciona em parceria com o IEFP - Instituto do Emprego e Formação Profissional, disponibliza a todos os desempregados da região ajuda na inserção ou reinserção no mercado de trabalho, bem como apoio às entidades empregadoras na divulgação das ofertas de emprego e no encaminhamento de trabalhadores para empresas algarvias.

    A UGT Algarve continua, igualmente, apostada na qualificação e requalificação de trabalhadores, oferecendo aos associados formação profissional gratuita através do CEFOSAP, quer organizada em Faro, quer em Portimão, nas instalações da Secção Sindical Regional do Sindicato dos Bancários Sul e IIhas – SBSI, pretendendo, em breve, aumentar a oferta formativa através de uma candidatura ao CRESC 2020.

    Graças à estreita relação de cooperação e articulação com os sindicatos filiados que formam esta União distrital da UGT é possível continuar a engrandecer o movimento sindical por toda a região.

    A UGT Algarve endereça uma palavra de apreço e de agradecimento especial a todos aqueles que têm uma participação direta ou indireta em todos os aspectos da atividade sindical afeta à UGT, especialmente aos dirigentes dos sindicatos filiados e aos seus associados que, desta forma, ajudam a edificar uma sociedade mais justa, livre e igualitária.

    O Secretariado da UGT Algarve,